11 de dezembro de 2011

Há dias...

Há dias em que acordamos e nada parece bom... A felicidade parece algo longe, inatingível.


Precisamos sempre de mais. Aquilo que temos não nos basta, não é suficiente. Podemos ter mais do que a maioria jamais teve, e mesmo assim a sensação de insatisfação persiste.


Não sei se o desejo insaciável é algo nato ao ser humano, afinal se tivermos tudo o que desejamos por que mais acordaríamos todos os dias? Nossas batalhas diárias seriam para quê?


Ao mesmo tempo, lutar e nunca ter um retorno é cansativo e acaba minando as forças. E o resultado, quando demora demais a surgir, também acaba enfraquecendo o íntimo e surgem questionamentos como: "será esse o caminho correto"?


Deixo aqui essas reflexões para as quais não tenho resposta, mas que sabe um dia consiga compreendê-las!


"A felicidade não depende do que nos falta, mas do bom uso que fazemos do que temos".
Thomas Hardy