14 de setembro de 2012

Uma era de conhecimento e intolerância



Hoje, estive refletindo sobre o mais novo confronto entre as religiões do nosso moderno "mundo novo" globalizado.

Nossa geração é totalmente cercada de informação de todas as partes do mundo. Sabemos mais sobre religiões e crenças de países distantes do que quando eu nasci, há 35 anos atrás.Estamos interligados a toda e qualquer parte do planeta e podemos obter conhecimento de absolutamente tudo, através de textos, videos, conversas com pessoas de todos os cantos, etc...

E, pelo menos pela minha lógica, deveríamos ter evoluído. Deveríamos ter-nos tornado pessoas melhores depois de tanto conhecimento acumulado. Teoricamente, seríamos seres humanos sapientíssimos, após contato com tanta informação.

Mas, de uma forma bizarra e irracional, o extremo oposto está acontecendo. Nos tornamos, cada dia, pessoas mais intolerantes, irracionais, raivosas e sem compreensão de nada.


Fico imaginando se a própria internet, juntamente com a tão famosa globalização, não serão as responsáveis pelo fim deste mundo como conhecemos.

Talvez sejamos obrigados, em breve, a nos voltar para nós mesmos. Nosso próprio país, nosso próprio estado, nossa própría cidade... nosso mundinho no bairro... nossa família.

Talvez, todos esses conflitos sejam uma maneira de nos mostrar que devemos dar mais valor ao que está ao nosso lado. Àquelas pessoas que vivem realmente a vida conosco.

Nosso futuro, pode estar bem ao nosso lado. Nossa paz, nosso encontro pode estar aqui, onde a gente menos enxerga... Sem querermos alcançar os que está do outro lado do Oceano.