28 de maio de 2012

Silêncio

Silêncio mental é a ausência de pensar inútil. Um constante pensar positivo cria a virtude da serenidade, estabiliza a mim e os outros também. O poder do silêncio é como uma fragância que preenche a sala - uma linguagem não falada que pode atravessar todas as barreiras. Este silêncio não traz uma sensação de vazio ou ressentimento, mas um conforto tão profundo como o que sentimos quando somos liberados de alguma pressão ou escravidão. 

Brahma Kumaris, Just a Moment, Mount Abu, 1996